Reabertura da Casa Do Leite trará opções de cultura para a cidade | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Reabertura da Casa Do Leite trará opções de cultura para a cidade

Reabertura da Casa Do Leite trará opções de cultura para a cidade

por Dijair Brilhantes

Acontece nesta sexta-feira, 27, a reinauguração da Casa do Leite, em Cachoeirinha. Após ser interditada pela Secretaria de Planejamento Municipal, devido a problemas no assoalho e nas paredes, o espaço cultural passou por uma reforma que durou cerca de três meses. “Estamos desde agosto trabalhando em cima do projeto e conseguimos fazer as obras”, disse Claiton Manfro, secretário de cultura de Cachoeirinha.

A Casa do Leite contará com um amplo espaço para que sejam realizadas diversas oficinas: Free dance, Jazz, Violão, Zumba, Danças Populares, Teclado, Canto Livre, Flauta, Teatro, Grupo Vocal, Introdução ao Desenho, introdução a Pintura, Introdução a Escultura e Coral são algumas das atividades oferecidas. Segundo Claiton, mais de 300 alunos já estão inscritos para os cursos oferecidos. “Mais que um local para a realização de eventos, é um espaço para formação de artistas”, disse o secretário.

Para a diretora de Cultura, Sônia Tonolher, a cidade está em um bom momento cultural. “É um grande passo para nossa cena cultural, a Casa do Leite oportuniza a artistas de diferentes áreas mostrarem seu trabalho”, explica a diretora.

Sônia ressalta que além das exposições permanentes como a Traços Gaúchos e Retalhos da Casa, a SMC lançará editais para que artistas de todo o Brasil possam utilizar o espaço da Casa do Leite para expor suas obras. “A casa será sede de seminários, palestras e workshops culturais e pretendemos trazer a biblioteca pública para cá em breve”, conclui Sonia.

Obra

A obra durou três meses e consistiu na reforma do assoalho e dos banheiros, pintura, construção de rampa de acesso para cadeirantes. Uma cozinha foi construída para os funcionários. Foram colocadas grades externas para ajudar na segurança da Casa do Leite. Além disso, uma ligação do casarão foi feita  ao anexo. O jardim também foi revitalização em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e a Comunidade Terapêutica Reviver. “Não dá pra dizer que foi só uma reforma, pois ampliamos o espaço”, lembra Claiton.

O secretário de Cultura, Claiton Manfro, a diretora de Cultura, Sônia Tonolher, e o coordenador da Casa do Leite, Ricardo Jezur (crédito: Anderson Almeida/CC)

O secretário de Cultura, Claiton Manfro, a diretora de Cultura, Sônia Tonolher, e o coordenador da Casa do Leite, Ricardo Jezur (crédito: Anderson Almeida/CC)

Luize Becker irá se apresentar hoje a noite na inauguração da casa, ela e o namorado Luís, são dançarinos de tango. “O espaço ficou muito bonito e amplo, o piso muito bom para dança” diz a dançarina. Luize é arquiteta e servidora pública municipal, ela junto com mais três colegas, Tarso Rocha, Jenifer Ermacovitch, também arquitetos e Daniela Trein, engenheira civil,      planejaram as obras da Casa do Leite. “Por dançar eu sabia melhor o que precisava para ficar bom o piso, e o mais importante foi a acessibilidade, para que todos tenham acesso a cultura”, disse Luize.

Luize Becker junto com o namorado e companheiro de tango, Luís. Ela foi uma das arquitetas que ajudou a planejar a reforma da Casa do Leite

Luize Becker junto com o namorado e companheiro de tango, Luís. Ela foi uma das arquitetas que ajudou a planejar a reforma da Casa do Leite

O local possui acessibilidade para portadores de deficiência física, com rampas para cadeirantes, assim como os banheiros com portas mais amplas que possibilitam o acesso.

A reforma custou cerca de R$ 60 mil. 15 funcionários irão trabalhar na Casa do Leite, entre técnicos, administrativo e serviços gerais.

Reabertura

A reinauguração acontece nesta sexta-feira, 27 de março, às 19h e é aberta ao público. São esperadas diferentes atrações, como o show do vocalista da banda Mithra, Cris, do tradicionalista Marco Lima, apresentação de ballet do Estúdio Daiene Weiss, apresentação de tango, do Coral Municipal, dos técnicos da Casa do Leite e da Orquestra Engrenagem. As oficinas são totalmente gratuitas, o aluno precisa apenas ser maior de treze anos e não precisa ser morador de Cachoeirinha.