Preparação para o Carnaval 2015 | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Preparação para o Carnaval 2015

Preparação para o Carnaval 2015

por Dijair Brilhantes

“Chore você se quiser chorar”. Com este tema a Escola de Samba Unidos da Vila Betânia vai para a avenida com muita alegria. Cachoeirinha se prepara para o Carnaval 2015, mesmo com muitas dificuldades as escolas estão quase prontas para abrir oficialmente a temporada.

O ano de 2015 é de aperto para as Escolas de Samba da cidade, seja pela ausência total de patrocínio, pela redução no apoio financeiro da prefeitura ou pela falta de estrutura que o município oferece.

Norbem Ritter, o Seu Nenê, é o presidente da Escola de Samba Unidos da Vila Betânia, e fala das dificuldades que o carnaval de Cachoeirinha vem enfrentando nos últimos anos. “Está difícil fazer carnaval na cidade, só fizemos porque temos o apoio da comunidade, os recursos são muito poucos”, lamenta seu Nenê

O responsável pela agremiação lembra que no ano passado o antigo Secretário de Cultura Esporte e Lazer cortou toda a verba destinada ao evento. “No ano passado foi impossível realizarmos o carnaval, não nos foi destinado um real sequer para a realização do evento, como fazer carnaval sem dinheiro?”, questiona.

Em 2015 verba veio

Para o carnaval de 2015 a Secretaria de Cultura comprometeu-se a destinar 5 mil reais para a escola para a realização do carnaval de rua.

“Esse ano a verba foi reduzida, melhor que no ano passado que nada foi disponibilizado para o carnaval, mas não dá para fazer grande coisa, vamos fazer somente duas muambas”, completa. Uma das muambas será no dia 13 de fevereiro, na Betânia, e a outra no dia 22, no Parcão da cidade.

Nenê lembra que existem muitos gastos com o carnaval, há gastos com material para fantasias, com instrumentos, e a harmonia (interpretes de samba-enredo) das escolas são remuneradas.

Mesmo com todas as dificuldades a Unidos da Vila Betânia promete dar show no carnaval da cidade, com alegria e muito samba.

As fantasias para o carnaval são confeccionadas pela própria comunidade, uma máquina de costura e muito esforço para produzir todas as fantasias em tempo hábil.