Após mais um óbito, vacina será liberada para todas as crianças e adolescentes de Cachoeirinha | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Após mais um óbito, vacina será liberada para todas as crianças e adolescentes de Cachoeirinha

Após mais um óbito, vacina será liberada para todas as crianças e adolescentes de Cachoeirinha

No final da tarde de quarta-feira, 29, um menino de 8 anos foi vítima da meningite e acabou falecendo em Gravataí. Matheus da Silva era morador do bairro Fátima, e deu entrada no Posto 24h de Gravataí na manhã de quarta e acabou falecendo no final da tarde noite.

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou que a morte foi por meningite meningocócica tipo C, a mesma que no início do mês levou a Prefeitura de Cachoeirinha a decretar um surto comunitário no bairro Betânia e levou quatro pessoas à internação, com óbito de duas crianças.

A Secretaria Estadual de Saúde também informou que em um primeiro momento o menino não teria relação com os casos registrados no Jardim Betânia, mas a investigação seguirá para averiguar se as crianças tinham alguma ligação.

Indignação

Quem conhecia o menino e a família está indignado com essa situação. Tania Dorneles Jesus, madrinha de Letícia (mãe de Matheus), disse que tudo aconteceu muito rápido. “Ele levantou na quarta-feira sentindo muita dor de cabeça. Ela levou ele até o Posto 24h de Cachoeirinha, que era bem perto, mas como estava muito cheio ela decidiu levar ele até Gravataí”, conta.

Depois disso, os sintomas se agravaram e logo Matheus veio a óbito. “Quem teve contato íntimo com ele recebeu a medicação, mas por exemplo,  ele jogava futebol no ginásio, teve contato com outras crianças. Não sei o que o prefeito pensa, o Estado não se vira para vacinar a todos. Vai ser preciso morrer mais gente?”, questiona, revoltada.

“Cachoeirinha não é só Betânia”

Familiares de Matheus e moradores do bairro Fátima se reuniram na noite de ontem, 30, em frente ao Ginásio Municipal, para protestar e cobrar uma medida do poder público.

“Meu sobrinho saiu bem daqui e voltou morto. A mãe dele levou ele no Posto 24h, de Cachoeirinha, disseram que o médico só chegaria às 11h da manhã, ela não quis esperar e levou ele até o Posto 24h de Gravataí, lá trataram como se fosse uma sinusite!”, se revolta a tia-avó do menino, Sirlei dos Santos.

Ela conta ainda que em Gravataí ele foi atendido muito mal, e que só à noite, na troca de plantão, a mãe de Matheus pegou a médica pelo braço e disse “você vai lá ver o meu filho”. “Quando a médica viu ele, se apavorou. Aí tentaram fazer de tudo mas ele morreu”, acrescenta Sirlei.

A avó de Matheus, Vera Lúcia Castro da Rosa, disse que o caixão nem pôde ser aberto. “Não puderam nem ver ele, o sangue saía coagulado dos poros, as perninhas murcharam, o caixão teve que ser fechado”, declarou, emocionada.

Os familiares questionaram porque o município não vacinou todo mundo quando ocorreu o surto da Betânia. “Cachoeirinha não é só Betânia. Na terça-feira, 28, ele estava brincando com mais 15 crianças na rua. E agora?”, falaram.

Mesmo inacabado, moradores da Vila Canarinho dizem que o Loteamento Chico Mendes oferece melhores condições de moradia. Impasse para termino da obra parece longe do fim

Mesmo inacabado, moradores da Vila Canarinho dizem que o Loteamento Chico Mendes oferece melhores condições de moradia. Impasse para termino da obra parece longe do fim

Irmão com suspeita

O irmão de Matheus, Lucas da Silva, de 13 anos, começou a vomitar e ter febre na tarde de ontem, 30. Os parentes não sabiam informar para onde ele havia sido levado pela mãe, mas o Hospital Padre Jeremias garantiu que ninguém tinha dado entrada lá.

“Eu acabei de enterrar um e agora o outro no hospital. É muito triste”, disse a avó.

Vacina para todos

No final da tarde de ontem, 30, a Prefeitura de Cachoeirinha anunciou o recebimento de 30 mil doses da vacina para vacinar toda a população de risco – compreendida pela faixa etária entre 0 e 19 anos.

Em nota, a Prefeitura informou que a vacinação começa nesta sexta-feira, 31, às 9h, em todos os postos do município, sejam eles Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou Estratégia de Saúde da Família (ESF). Todas funcionarão das 9h às 17h nesta sexta. Os postos também abrirão sábado e domingo, no mesmo horário, para receber a comunidade. A vacinação segue até a próxima sexta-feira,  dia 7.

Ontem à tarde, o prefeito Vicente e o secretário da Saúde, Amir da Costa, se reuniram com o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo, para definir os detalhes da operação. O prefeito agradeceu a sensibilidade e a agilidade da secretaria estadual, numa união de esforços que conseguiu a liberação da vacina junto ao Ministério da Saúde em poucas horas.

Conforme o secretário Amir, a vacina será para todas as pessoas menores de 20 anos, que é o público considerado faixa de risco para a contaminação da meningite. A partir dessa idade, o organismo desenvolve uma maior proteção da doença. “Todos os casos registrados na nossa cidade até o momento são de crianças e adolescentes nessa faixa etária”, resumiu. Amir explica ainda que o Município já identificou e medicou todas as pessoas que tiveram contato íntimo com a criança que faleceu, prevenindo o adoecimento dos familiares.

O Prefeito Vicente e o secretário Amir da Costa confirmaram a garantia de 30 mil vacinas para Cachoeirinha. A vacinação já começa nesta sexta-feira, às 9h, em todas as 17 unidades de ESF e UBS.

O Prefeito Vicente e o secretário Amir da Costa confirmaram a garantia de 30 mil vacinas para Cachoeirinha. A vacinação já começa nesta sexta-feira, às 9h, em todas as 17 unidades de ESF e UBS.

Aulas adiadas

A Prefeitura anunciou também que as aulas da rede municipal, que retornariam na próxima segunda-feira, 3, foram adiadas para o dia 10 de agosto, a fim de evitar aglomerações nos ambientes escolares.

Balanço

O Estado registrou 48 casos confirmados de meningite bacteriana, em 2015, contra 35 no ano passado. Desses casos, foram 13 mortes causadas por meningite bacteriana em 2015, contra três em 2014, de acordo com o último balanço da Secretaria de Saúde. Quatro foram provocados pela meningite do tipo B, quatro pelo tipo C e cinco não foram identificados.


 

Saiba mais

– QUEM SE VACINA?
Todos os moradores de Cachoeirinha menores de 20 anos

– ONDE TEM VACINA?
Em todas as 17 unidades básicas e ESFs da cidade

– QUE DOCUMENTOS LEVAR?
Cartão de vacinação, carteira de identidade ou certidão de nascimento e comprovante de residência

– ATÉ QUANDO VAI A VACINAÇÃO?
Até o dia 7 de agosto

– ONDE VACINAR:

UBS CAIC Granja
Rua Jardim das Flores, s/n – bairro Granja Esperança – Fone: 3438-6496
UBS COHAB
Almirante Barroso, s/n – bairro COHAB – Fone: 3041-3490
UBS Décio Martins Costa
Rua Doutor Décio Martins Costa, 464 – bairro Eunice – Fone: 3041-3402
UBS Getúlio Vargas
Rua Dom João VI, 188 – bairro Vista Alegre – Fone: 3041-4109
UBS Jardim do Bosque
Av. Capitão Garibaldi Pinto dos Santos, 407 – bairro Granja Esperança – Fone: 3471.7422
UBS Luis de Camões
Rua Bandeirantes, 74 – bairro Bom Princípio – Fone: 3469-2582
UBS Nova Cachoeirinha
Rua Eldorado, 260 – bairro Nova Cachoeirinha – Fone: 3438-4004
UBS Osvaldo Cruz
Rua Osvaldo Cruz, 590 – bairro Parque Brasília – Fone: 3041-4108
UBS Parque da Matriz
Rua Itapema, 30 – bairro Parque da Matriz – Fone: 3438-1503
ESF Araçá I
Rua Vinte e Cinco de Dezembro, 100 – bairro Anair – Fone: 3438-2001
ESF Araçá II
Rua Vinte e Cinco de Dezembro, 100 – bairro Anair – Fone: 3438-4447
ESF Canarinho
Rua Espanha, 821 – bairro Nova Cachoeirinha – Fone: 3470-3374
ESF Carlos Wilkens
Travessa São Jorge, 81 – bairro Jardim Vitória – Fone: 3041-4160
ESF Jardim Betânia
Rua Capão da Canoa, 185 – bairro Jardim Betânia – Fone: 3470-1982
ESF José Ari da Silveira
Travessa Orleans, nº 325 – bairro Fátima – Fone: 3438-2111
ESF Otacílio Silveira
Av. Amazonas, 583 – bairro Vista Alegre – Fone: 3469-5709
ESF Vereador José Ramos
Rua Fidel Zanchetta, 655 – bairro Jardim do Bosque – Fone: 3113-3560