Livre acesso à Free-way e Mobicidade podem se unir em torno de uma causa | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Livre acesso à Free-way e Mobicidade podem se unir em torno de uma causa

Livre acesso à Free-way e Mobicidade podem se unir em torno de uma causa

A mobilidade urbana em Cachoeirinha, assim como em quase todas as cidades da região metropolitana é problema para todos. A população sofre com congestionamentos diários.

Para resolver a questão da mobilidade urbana, é preciso identificar os pontos críticos de circulação, origens e destinos dos moradores. Além disso, oferecer alternativas eficazes para a redução dos congestionamentos.

Embasado nisso o Grupo Mobicidade protocolou na manhã da última segunda-feira, 8, um ofício no escritório regional da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Os ciclistas estão solicitando que a implementação de ciclovias seja incluída no estudo que avaliará a possibilidade de construção de vias laterais na BR-290 (Free-way) entre os municípios de Porto Alegre e Gravataí.

Vereador apoia a causa

O vereador de Cachoeirinha, Marco Barbosa (PSB), compartilha do mesmo desejo da Mobicidade, “O Movimento de Livre Acesso a Free way, protagonista nesta conquista dos acessos a Free Way, bem como das obras viárias que estão sendo discutidas com a ANTT, apoia e convida o grupo de Mobicidade a integrar-se as ações e agendas de mobilização que estamos organizando”, falou o vereador, que é um dos líderes do grupo Movimento Livre Acesso a Free Way, que reivindica a isenção de pedágios a veículos com placas de Cachoeirinha, Viamão, Gravataí, Alvorada, assim como vias paralelas que ligam o município de Gravataí e Cachoeirinha, entre outras demandas.

Concessionária recebeu autorização para estudo

Na última semana de maio, a ANTT autorizou a concessionária do trecho, Triunfo Concepa, a realizar um estudo de viabilidade de implantação de vias laterais, para dar mais fluidez ao trecho, separando o tráfego local do de longa distância.

Atualmente a circulação de ciclistas é proibida na Free Way. Mesmo assim a via é muito utilizada por ciclistas pela falta de opção mais segura. O grupo acredita que exista ainda uma enorme demanda latente, de pessoas que deixam de se deslocar de bicicleta dentro da Região Metropolitana por falta de opções seguras e confortáveis. No entender da Mobicidade, ampliar uma rodovia dentro da Região Metropolitana sem pensar no trânsito de bicicletas é uma violação da lei que instituiu a Política Nacional de Mobilidade Urbana.

Mobicidade

Foto 2

A Mobicidade, Associação Pela Mobilidade Urbana em Bicicleta, é uma associação de pessoas que lutam e defendem o desenvolvimento de uma cidade mais humana, focada em políticas públicas que beneficiem não apenas o trânsito de bicicletas, mas todos os modais não motorizados.

Organizada de forma horizontal, a Mobicidade permite que seus associados e suas associadas trabalhem usando as abordagens e estratégias que acreditarem ser mais eficientes e adequadas, da ação direta ao diálogo com o poder público, da remodelação dos espaços públicos à conscientização e educação para o convívio harmônico.

A associação é composta por pessoas das mais diferentes profissões e perfis, preocupadas em melhorar a cidade que dedicam-se à causa de forma totalmente voluntária.

O grupo foi criado em 2012 em Porto Alegre, para facilitar a interação dos interesses coletivos de ativistas com outras instituições, principalmente governo e instituições públicas.