Homenagem a Verissimo marca abertura da Feira | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Homenagem a Verissimo marca abertura da Feira

Homenagem a Verissimo marca abertura da Feira

O escritor Luis Fernando Verissimo foi o grande homenageado da noite de sábado, 9,  primeiro dia da 28ª Feira do Livro de Cachoeirinha. A programação começou às 10 horas da manhã com mostras artísticas, visitação aos estantes de livros e aos pontos de leitura, apresentações de teatro e música. Porém, o ponto alto foi a abertura oficial, às 20h30, com a presença do patrono e pronunciamento das autoridades.

Verissimo, com sua notória timidez, foi simples e objetivo: “só quero agradecer a honra de ser convidado para ser o patrono desta Feira. Me sinto honrado, mesmo”. Honra, orgulho e felicidade foram as palavras mais repetidas pelos demais componentes da mesa de abertura em referência ao escritor.

O Prefeito Vicente Pires agradeceu mais uma vez pela presença do patrono e aproveitou para lembrar a satisfação de poder realizar a Feira este ano. “Ano passado não realizamos a Feira do Livro por dificuldades financeiras. Isso foi motivo de muita tristeza, mas hoje é um dia de alegria. E nos próximos também, pois teremos intensa produção cultural nesta cidade”.

O Vice Prefeito Gilso Nunes falou da alegria para o gestor público em promover “um evento desta dimensão e profundidade” e agradeceu o empenho de todas as secretarias. Também ressaltou a importância em ter Verissimo como patrono da Feira do Livro e falou: “tu não imaginas o orgulho que temos e o alcance que a tua presença proporciona. Obrigado mais uma vez”.

Representando o Governo do Estado, o secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social  Miki Breier agradeceu Verissimo “por sua genialidade e ironia muito fina, fazendo com que, através dos seus livros, gostemos ainda mais da literatura”. O deputado federal José Stédile falou do empenho dos parlamentares em criar uma rubrica para financiar a construção de bibliotecas padrão em todo o Brasil, assim como acontece com postos de saúde, escolas e casas populares. Representando a Câmara de Vereadores de Cachoeirinha, a vereadora Jacqueline Ritter lembrou que as histórias dos livros de Verissimo fazem parte há muitos anos da sua vida. A parlamentar é professora e faz contação de histórias na Biblioteca Municipal Monteiro Lobato. Jack agradeceu ao Prefeito Vicente por dar à cidade a Feira do Livro como presente.

Programação

A programação da 28ª Feira do Livro de Cachoeirinha está recheada de atrações artísticas: shows, apresentações teatrais, de dança e de música, mostras de escultura e de pintura, além, é claro, de atividades que aproximam leitores, livros e escritores. O público é recebido em uma estrutura montada no Parcão, composta de onze estandes de livreiros, palco e plateia, área geral, espaço institucional, camarim, Casa do Patrono e cafeteria. Também haverá o Espaço das Ideias, onde serão realizadas palestras e workshops, e a Sala Lobatinho da Biblioteca Municipal Monteiro Lobato, onde serão promovidas contações de histórias e atividades recreativas. A Feira do Livro terá ainda atividades descentralizadas, com workshops na Casa do Leite e contação de histórias no Hospital Padre Jeremias. A visitação das escolas já está agendada para que os estudantes, principal público da Feira, possam usufruir destas atividades. A visitação é aberta ao público e poderá ser feita de 9 a 17 de maio, sempre das 10h até 22h.

Confira a programação desta terça

Das 9h às 10h, no Palco Principal – O escritor, jornalista, teólogo e professor Antônio Cazão fará uma palestra sobre Livros Sustentáveis. Ele é protagonista do projeto Ecolivros, que são livros artesanais, totalmente sustentáveis, produzidos através de materias recolhidos do descarte no meio ambiente. As capas, por exemplo, são feitas de caixas de leite e/ou garrafas Pet.

Das 10h30min às 11h30min, no Palco Principal – Espetáculo de teatro “A joaninha e o trânsito”, pela equipe de Educação para o Trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana.

Das 13 às 14h e das 19h30min às 21h, no Palco Principal – Espetáculo de Dança Escola Daiene Weiss

Das 14h às 16h, no Espaço das Ideias – Contação de histórias da Biblioteca Pública Municipal Monteiro Lobato, ação da Secretaria Municipal de Cultura

Das 14h às 15h, no Palco Principal – O professor, escritor e jornalista Marcelo Spalding fará um bate-papo com os leitores. É autor dos livros “As cinco pontas de uma estrela”, “Vencer em Ilhas Tortas”, “Crianças do Asfalto”, “A Cor do Outro”, entre outros. Recebeu dois Prêmios AGES Livro do Ano (2008 e 2009) e um Prêmio Açorianos de Literatura (2008). É o idealizador do movimento Literatura Digital, tendo publicado dois projetos inéditos de literatura digital: Minicontos Coloridos e Um Estudo em Vermelho.

Das 15h às 15h30min e das 19h às 19h30min, no Palco Principal – Apresentação do Música, Ação e Inclusão (MAI), da Secretaria Municipal de Educação

Das 15h30min às 19h, no Palco Principal e Casa do Patrono – O consultor, editor e escritor Paulo Tedesco realiza a palestra “A produção do Livro”, seguida de bate-papo e sessão de autógrafos. Como escritor e ensaísta, publicou 3 livros próprios e outros 6 em coautoria, sendo alguns como coeditor. Angariou concursos como o Fumprocultura de Caxias do Sul no ano de 2004 e o concurso de contos Histórias do Trabalho – 2011, e menção honrosa no Prêmio Sofia de literatura.

Das 19h30min às 20h30min, na Casa do Leite – A escritora Daniela Neves Santos, autora dos livros “Amor & Ajuda”, “Caminhos de Morte e Vida” e “Amigos que Não São Gente”, mostra, em sua obra mais recente, “À flor da Pele” uma outra face como escritora, que difere de suas obras anteriores: um romance recheado de sexualidade. A escritora falará sobre o livro e sua atuação profissional com os leitores.

 

Crédito da foto: Katia Freitas