Estado recebe mais 103 respiradores doados pelo Ministério da Saúde; 3 são destinados à Gravataí e 3 para Cachoeirinha | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Estado recebe mais 103 respiradores doados pelo Ministério da Saúde; 3 são destinados à Gravataí e 3 para Cachoeirinha

Estado recebe mais 103 respiradores doados pelo Ministério da Saúde; 3 são destinados à Gravataí e 3 para Cachoeirinha

O Rio Grande do Sul recebeu novo reforço no combate ao coronavírus. Além dos 270 respiradores já enviados em junho, o Ministério da Saúde enviou mais 103 aparelhos para o Estado.

No total, são 50 respiradores beira-leito (utilizados em UTIs) e outros 53 de transporte (para o deslocamento de pacientes). Entre os hospitais que vão receber os aparelhos estão o Dom João Becker, de Gravataí (3 unidades) e o Padre Jeremias, de Cachoeirinha (3 unidades).

“Esse importante incremento, feito com apoio do governo federal, do Ministério da Saúde, tem sido responsável por não termos um colapso do nosso sistema hospitalar”, afirmou o governador Eduardo Leite, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta segunda-feira (13/7). Na mesma ocasião, o governador anunciou a habilitação de mais 73 leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS), ampliando em 75% o número de leitos disponíveis de março até agora.

A Secretaria da Saúde definiu, de acordo com critérios previamente acertados, quais municípios receberão os respiradores. Os equipamentos já estão sendo enviados a 30 hospitais.

“Os equipamentos já foram distribuídos aos hospitais quase em totalidade. Estamos negociando, junto à bancada federal e ao Ministério da Saúde, a doação de mais respiradores, e também recebendo a informação da possibilidade concreta de remanejo de monitores e de bombas de infusão, necessárias em alguns hospitais, para que consigamos ampliar o número de leitos no Estado”, detalhou a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

Os aparelhos são fundamentais no enfrentamento à Covid-19, porque ajudam pacientes com dificuldades para respirar, e o uso é indicado nos casos graves da doença.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *