Dando um lar aos animais | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Dando um lar aos animais

Dando um lar aos animais

Após participar do 1º Fórum dos Protetores de Animais e ter contato com outros projetos que deram certo em diversas cidades do Rio Grande do Sul, Elaine Alves Anhaia decidiu colocar uma ideia em prática que aprendeu com o município de Bagé. Foi assim que ela criou o projeto “Casinhas da Cidade”, após conhecer o “Bagé: a cidade das casinhas amarelas”. “Foi minha inspiração, eu vi que tinha dado certo lá e resolvi colocar em prática aqui em Cachoeirinha”, explica.

Assim nasceu a ideia, que hoje dá moradia a diversos cães comunitários da cidade. Junto com Elaine participam Luana Baum Sasso, Aline Waskow, Cláudia P.S e Keti Silva. “Criamos uma página no face, que leva o nome do projeto, para arrecadar fundos. Convidei mais amigas para participarem e juntas tocamos a ideia adiante”, conta Elaine.

Elaine Alves Anhaia, idealizadora e desenvolvedora do projeto, trabalha junto com outras quatro amigas para trazer um lar para os cãezinhos de rua

Elaine Alves Anhaia, idealizadora e desenvolvedora do projeto, trabalha junto com outras quatro amigas para trazer um lar para os cãezinhos de rua

Doações

As casinhas são fabricadas em Portão, e o dinheiro para a compra delas vem todo de doações. “Começamos a espalhar a ideia e o pessoal começou a se engajar junto. Dispusemos as casinhas em pontos estratégicos e muitos ajudam a cuidar”, agradece.

Na praça Getúlio Vargas, mais conhecida como praça do Poli, foram colocadas duas casinhas e uma moradora do local, conhecida como dona Nica, colocou mais uma. “Ali tem muitos cachorros idosos. Também colocamos uma casinha na Brambila, mais três na Vila Eunice, próximo à FreeWay e outras que temos para socorro, quando sabemos que tem uma mãe com filhotes, ou algo assim”, acrescenta.

Mais casinhas

A primeira parte do projeto disponibilizou 10 casinhas. Na última semana, com as doações, Elaine conseguiu efetuar a compra de mais 13 casinhas, que chegaram na quarta-feira. “Algumas nós já temos onde colocar, na Vila Fátima, mais uma na Brambila, na Amapá. Mas como eu não tenho transporte preciso de voluntários para ajudar a transportar essas casinhas. Carro, van, frete, toda ajuda é bem-vinda”, diz.

O projeto Casinhas da Cidade ajuda tanto os cães comunitários – aqueles que as pessoas já se acostumaram e ajudam a cuidar – quanto os cães errantes, que às vezes estão apenas em busca de um local seguro para dormir.

Feira de adoção

Além do projeto, as amigas organizam, todos os sábados, uma feirinha para adoção de animais. “Nós pedimos para o gerente do posto Shell, na parada 51, e ele prontamente cedeu o espaço para realizarmos a feira”, comemora. O evento é realizado das 9h às 17h e no local também há a arrecadação de doações, como jornais, rações, dinheiro para as casinhas ou qualquer outra ajuda.

Junto com as casinhas, Elaine coloca uma faixa falando sobre a lei que protege cães comunitários e o crime contra os animais. “Graças a isso, a população está respeitando. Não tivemos nenhuma casinha depredada, todos estão cuidando muito bem”, comemora.

Quem quiser conhecer um pouco mais do projeto pode procurar a página do facebook “Projeto Casinhas da Cidade” ou entrar em contato com a Elaine pelo telefone 8544-0125.