Conexão: Jovens que inspiram | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Conexão: Jovens que inspiram

Conexão: Jovens que inspiram

Entre os dias 10 e 15 de agosto acontece em Cachoeirinha o Conexões, a maior semana de juventude da história da cidade. A estimativa da organização é de atrair e envolver cerca de dois mil jovens, ao longo de todas as atividades. De hoje até o dia 05 de agosto, em todas as quartas-feiras, o Correio de Cachoeirinha vai apresentar a programação do evento. Começamos com a segunda-feira, 10 de agosto de 2015.

A temática escolhida para abrir a primeira edição do Conexões é “Jovens que inspiram”. Com o intuito de motivar os participantes, três palestrantes foram convidados para contar suas experiências e vivências. São eles: Raíssa Muller, Eduardo Rodrigues e Eduardo Macedo. Conheça um pouco a história de cada um e entenda o porquê foram escolhidos para inspirar a todos no dia de abertura do Conexões.

Raíssa Müller mora em Novo Hamburgo e sempre se incomodou com a poluição do Rio do Sinos. O sonho dela era simples: limpar a água com uma esponja. Então desenvolveu um filtro que absorve óleo e derivados, que pode ajudar na recuperação de rios e oceanos. E isso lhe rendeu até premiação em um concurso de ideias na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

O jovem Eduardo Rodrigues vem de Esteio para palestrar no Conexões. Junto com sua colega Juliana Hoch, realizou uma pesquisa para desenvolver um líquido conservante de órgãos. A dupla se angustia com os dados que apontam para um desperdício superior a 70% dos órgãos possíveis de serem doados. Um dos motivos é o alto preço do produto conservante atual. A solução de Eduardo e Juliana foi apresentada pelo Brasil, Estados Unidos e China, ganhando uma menção honrosa da UNESCO pela promoção da paz e desenvolvimento.

Dedicar sua vida para um desenvolvimento mais sadio e equilibrado, essa é a missão de Eduardo Macedo. O jovem cicloativista compõe o Massa Crítica e trouxe para Porto Alegre o Ghost Bikes, um movimento internacional semelhante as borboletas do Vida Urgente, que tem o intuito de homenagear os ciclistas que morreram no trânsito. Macedo disputa campeonatos, organiza eventos, administra uma empresa do ramo e se locomove de bicicleta que, para ele, é mais que um hobby; é um estilo de vida.