Comissão parlamentar se reúne para viabilizar loteamento Chico Mendes para as vítimas da enchente do Bairro Olaria | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Comissão parlamentar se reúne para viabilizar loteamento Chico Mendes para as vítimas da enchente do Bairro Olaria

por Dijair Brilhantes

Na tarde da última quinta-feira, 23, o vereador Marco Barbosa (PSB) reuniu-se com os vereadores da base governista. Em pauta, a criação de uma frente parlamentar para agilizar a realocação dos moradores da Olaria para o residencial Chico Mendes.

Durante a reunião o vereador Rubens Otávio (PTB), líder do Governo, diante da emergência dos alagamentos, ressaltou a necessidade de uma ação do Poder Legislativo na busca por alternativas que resolvam este problema, prejudicando muitas famílias em tempos de chuva. “Sabemos que os moradores tiveram resistência em sair da Olaria e ir para o Chico Mendes como foi proposto em outra ocasião, mas agora a situação e diferente. As pessoas vão olhar com outro olhar se houver uma remoção direta”, falou Rubens.

Proposta

A proposta da frente é articular junto ao Executivo, Governo Federal e Estadual ações que possam agilizar a liberação das moradias do Chico Mendes. “A ideia é fazermos uma ação conjunta, município, estado e governo, para que possamos agilizar o mais rápido possível a conclusão do loteamento Chico Mendes”, explicou Marco.

Marco ainda ressaltou que todos os anos se repetem os alagamentos na Olaria, sendo necessário gerar gastos com planos emergenciais para abrigar as famílias. “O município acaba tendo gastos, porque todos os anos é preciso gastar com estes abrigos para onde são levadas as pessoas”, complementa.

A vereadora Jacqueline Ritter (PSB), entende ser o momento certo para que a obra do Chico Mendes seja concluída. “É um momento oportuno, podemos agilizar com a Câmara para viabilizar e darmos prosseguimento no Chico Mendes”.

O município está acolhendo 620 pessoas em alojamentos, sendo 152 pessoas moradoras da Olaria. Outras 248 pessoas, também do mesmo local, estão abrigadas em casas de familiares.

O presidente da Câmara de Vereadores, Nelson Martini (PTB), disse que para dar prosseguimento no projeto é preciso que os representantes do legislativo que estão participando da comissão reúnam-se com o responsável pela habitação do município. “Temos que conversar com o secretário de habitação do município para saber quais os próximos passos a serem dados”, disse Martini.

A comissão parlamentar deve se reunir na próxima semana para dar prosseguimento no projeto. A ideia é utilizar a verba emergencial que será disponibilizada pelo governo federal para reconstruir os danos causados pelas enchentes. Também participaram da reunião os vereadores Edson Cordeiro (PRB) e Francisco Belarmino Dias (PMDB).