Lixo é a maior reclamação dos moradores da Navegantes | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Lixo é a maior reclamação dos moradores da Navegantes

Lixo é a maior reclamação dos moradores da Navegantes

por Dijair Brilhantes

Ruas estreitas entre becos vielas em um lugar esquecido pelas autoridades municipais. Assim é o Bairro Navegantes, o 5º da série de reportagens de Bairros do jornal Correio de Cachoeirinha.

O chão de terra, casas em sua maioria de madeira, todas muito próximas, luz e água clandestina. Pelas ruas é possível ver crianças brincando de pé descalço sobre o chão de terra batida, o esgoto escorre a céu aberto,  cachorros soltos pela ruas. Esse é o cenário do local onde ocorreu a maior tragédia de 2014 em Cachoeirinha. O incêndio que matou três crianças da mesma família, no final de novembro do ano passado.

Moradores relatam gostar do local, gostariam apenas ter algum tipo de assistencialismo que é deles por direito. “Temos alguns problemas, principalmente referentes a questão de água e luz, pois são clandestinas, gostaríamos de regularizar para termos mais segurança”, diz Orildes da Silva, moradora do Bairro Navegantes há 40 anos. “Gostamos muito de morar aqui, ficaria aqui a vida toda”, complementa.

Os moradores dizem temer que as péssimas instalações de energia elétrica possam ocasionar um novo incêndio no bairro.

Coleta de Lixo

A coleta de lixo é a maior reclamação entre os moradores. Como o caminhão não consegue entrar nas ruas estreitas do Navegantes os moradores tem que recolher e levar até uma das entradas do bairro. O problema maior é que se os moradores levarem o lixo antes do horário do caminhão passar, eles são obrigados a deixar no chão. Os cachorros de rua acabam rasgando os sacos e o lixo fica espalhado. “Gostaríamos de um contêiner de lixo, não temos onde colocar, os cachorros rasgam os sacos e fazem muita sujeira”, diz Jair Alves, comerciante do local.

O comerciante ressalta que em bairro próximos existe um contêiner de lixo a cada 100 metros. “Por que não colocar um contêiner aqui na entrada do bairro, tem espaço, qual a dificuldade da prefeitura?”, questiona.

O que diz o secretário

O secretário municipal de infraestrutura, Ibaru Barbosa, diz que a maior dificuldade de por um contêiner na região está na localização. “Não há espaço na rua para por o contêiner, as ruas ao redor do bairro são muito movimentadas e isso atrapalharia o trânsito”, esclarece o secretário.

Ibaru se comprometeu em ir ainda nesta semana no Bairro Navegantes para tentar encontrar uma forma de instalar um contêiner de lixo, para sanear o problema. “Irei lá esta semana para tentar achar um local para por um contêiner destes de coleta mecânica, mas será difícil”, conclui Ibaru.

Ruas alagadas

A falta de saneamento básico faz com que o esgoto transcorra pelas ruas, quando chove as ruas alagam e água já poluída mistura-se com a da chuva, aumentando o risco de doenças para quem precisa sair de casa nos dias chuvosos. “As crianças, quando vão para a escola nos dias de chuva, precisam passar pela água contaminada e pelo barro, normalmente elas precisam trocar de calçado quando chegam no asfalto”, conta Jair.

As ruas estreitas do Bairro Navegantes, ficam totalmente alagadas nos dias de chuva. Água das chuvas mistura-se com a água do esgoto. Crianças precisam passar por ela para irem à escola

As ruas estreitas do Bairro Navegantes, ficam totalmente alagadas nos dias de chuva. Água das chuvas mistura-se com a água do esgoto. Crianças precisam passar por ela para irem à escola