AMOR PRÓPRIO | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

AMOR PRÓPRIO

AMOR PRÓPRIO

Ser “carente” é a melhor maneira de atrair um relacionamento mal sucedido. Se você espera que  outra pessoa “conserte” sua vida, ou seja, sua “melhor metade”, está se predispondo ao fracasso. Você precisa ser feliz de verdade consigo mesmo antes de começar um relacionamento.

Ter “amor próprio” respeitar suas escolhas é o primeiro passo para que possamos encontrar alguém para nos completar. Porem este é um exercício diário, que para muitas pessoas que estão carentes torna-se difícil de por em pratica. Demonstre a si mesmo como você é especial. Reflita sobre sua vida e todas as oportunidades que você mesmo cria.

Tente ser feliz o suficiente para não precisar de um relacionamento para lhe trazer felicidade.

Da mesma forma, se você tem um relacionamento com alguém que não ama a si mesmo, então é impossível agradar de verdade essa pessoa.

Você jamais será “bom o suficiente” para alguém que é inseguro, frustrado, ciumento, ressentido e que não gosta de si próprio.

Muitas vezes fazemos o possível para agradar parceiros que não fazem a menor ideia sobre como aceitar nosso Amor, porque eles não sabem quem são, a vida é um espelho. O que atraímos sempre espelha as qualidades que temos ou as crenças que possuímos acerca de nós mesmos e de nossos relacionamentos. O que os outros sentem a nosso respeito é sua própria perspectiva limitada de vida. Precisamos aprender que a vida sempre nos ama incondicionalmente.

Enquanto trabalha para remoer os obstáculos entre você e seu parceiro, pratique para ser seu próprio amante, proporcione a si próprio um pouco de romance e amor.

Experimente mimar a si mesmo, realize pequenos atos de bondade e agradecimento.

A vida sempre reflete os sentimentos que temos em nosso interior, enquanto seu sentido de romance e amor cresce, a pessoa certa para partilhar esse crescente sentido de intimidade será atraída como por imã o mais importante é que você não terá de desistir de nenhuma parte  de sua intimidade para ser como aquela pessoa.