A importância da socialização dos cachorros | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

A importância da socialização dos cachorros

A importância da socialização dos cachorros

A socialização dos cachorros é um dos processos fundamentais que influenciarão de forma positiva ou negativa a vida do cão. Se você tem um cachorro em casa ou deseja ter um, é muito importante saber de algumas coisas. No caso dos cães assustadiços ou que apresentam traços de agressividade, quase sempre estão relacionados com más socializações ou experiências desagradáveis quando filhotes. Por isso na hora da adoção responsável intermediada por um protetor, é importante que tenha sempre em mente que eles foram vítimas de maus tratos, abandono, são de raças indefinidas, que é uma mistura de temperamentos e características em um cão só.

O problema de socialização pode ocorrer mesmo adotando um cão ou gato filhote SRD. Por isso fala-se tanto em dedicação e amor por parte dos adotantes. Devolver um animal depois de ele conhecer uma cama quente, um lar, ter contato com crianças só porque ele cresceu demais, fez xixi no lugar errado ou simplesmente não correspondeu às suas expectativas, também contribuem para que o cão tenha problemas de socialização para uma futura adoção. Infelizmente com tantos casos de abandono, maus tratos e falta de amor, não é mais luxo procurar um profissional cinófilo ou como queiram chamar, adestrador. Eles são de importância vital para que o animal tenha uma vida tranquila com seus tutores quando a socialização só com amor, dedicação e paciência não deram resultados.

Como foi falado, além de terem muitas características em um cão só, também são oriundos de más experiências. Portanto, ao adotar um animal, não veja só a bolinha de pelos fofinhos e bonitinhos à sua frente. Veja se você e toda a sua família estão preparados para amar incondicionalmente, dedicarem-se e realmente integrar o bichinho ao convívio da família e investir nele. Devolver um animal que foi adotado por dificuldade de adaptação, sem ao menos todas as tentativas terem sido esgotadas, fere demais o protetor e mais ainda o bicho que pode não ter sido amado por você, mas com certeza ele entregou sua vidinha e amor para toda a sua família sem cobrar nada em troca. Ter um animal é uma escolha sua, portanto a faça de maneira consciente, ele viverá muitos e muitos anos com você e sua família ou terá uma aposentadoria digna no caso da adoção de cães já adultos e idosos. Adotar é tudo de bom, não desista, dê todas as chances para ele se adequar e adquirir confiança de que não será mais mal tratado.